AS DILIGÊNCIAS DE JUNDIAÍ

Ler artigo completo

Assim que se formou na Escola Normal do Rio de Janeiro, famosa por diplomar normalistas ou professoras, Ana Júlia recebeu nomeação para trabalhar em Campinas. No ano de 1863, o trem ainda não havia chegado a Jundiaí.. De modo que ela fez o trajeto até Santos por um barco a vapor e de lá subiu … Leia mais


ECOS DE 1952

Ler artigo completo

Quais seriam as grandes preocupações do jundiaiense em 1952. Um detalhado exame nos jornais e revistas publicadas naquele ano revela as expectativas dos habitantes. Comentava-se muito sobre as verbas que viriam do governo do Estado para a conclusão do Bolão e do Parque de Exposições. Mas dois problemas com aspectos cruciais toldavam as boas esperanças. … Leia mais


O BONDINHO DE JUNDIAí

Ler artigo completo

Como era o bondinho de Jundiaí? Sabemos que era puxado por quatro burrinhos, às vezes dois. Eram três bondinhos. No início faziam a linha entre a rua Cel. Leme da Fonseca e poucos metros depois de passar a portaria da Fábrica São Bento. Cinco condutores ficaram famosos: Zelão, Tônico da Zabé, João Ratão, João Pelota … Leia mais


Mistérios e destinos de Jundiaí

Ler artigo completo

Não vai longe o tempo em que a fundação de Jundiaí esteve cerca por mistérios. De uma certa forma, ainda está. Isto porque até agora não foram esclarecidas as dúvidas sobre os verdadeiros personagens de sua fundação. Há duas versões: a primeira que o município foi fundado por Petronilha Antunes e Rafael de Oliveira. A … Leia mais


A moeda e a barreira

Ler artigo completo

No dia 2l de janeiro de 2008, publicamos no Jornal de Jundiaí um ligeiro comentário sobre a reunião realizada em Jundiaí na Câmara Municipal entre os vereadores e o corregedor geral, que veio especialmente para entregar à população um pedido do rei de Portugal. Era a criação da barreira fiscal para ajudar a reconstrução de … Leia mais


A greve de 1906

Ler artigo completo

Fato marcante na vida de Jundiaí, a greve dos trabalhadores de 1906 ainda não foi assinalada na cidade com um marco histórico de relevo, que deixasse para as futuras gerações a lembrança memorável da primeira insurreição operária do Brasil. Recentemente diversos leitores nos pediram esclarecimentos sobre o assunto, uma vez que não existem levantamentos históricos … Leia mais


A força negra

Ler artigo completo

Como teria se comportado Jundiaí ao longo da escravidão dos negros? É sabido que antes da chegada dos africanos, praticava-se a escravidão indígena, condenada pelos padres jesuítas e por isso expulsos de São Paulo em 1.640, mesmo ano em que os primeiros casebres de barro e sapé eram erguidos em Jundiaí. A grande extensão do … Leia mais


A educação em Jundiaí

Ler artigo completo

Em 1983, foi feito um levantamento de quantos alunos estava composta a rede escolar de Jundiaí. Os números indicavam aproximadamente 1.200 alunos, segundo jornais da época. A Secretaria Municipal da Educação possuía cerca de 380 funcionários, dos quais 115 eram professores. Funcionavam quatro escolas, que atendiam apenas o Jardim. O Ministério da Educação, que fez … Leia mais


A constituição imperial de Jundiaí

Ler artigo completo

A independência do Brasil só chegou a Jundiaí 35 dias após a sua proclamação. Ecos do acontecimento chegaram a cidade por habitantes que tinham ido à capital e souberam que Dom Pedro I tinha feito a proclamação ao lado do riacho do Ypiranga. Houve muitas festas na capital e diversas recepções nas casas mais ilustres. … Leia mais


A cobra do Walmor

Ler artigo completo

Walmor Barbosa Martins foi prefeito duas vezes de Jundiaí(1969-1973 e 1989-1992). O município lhe deve muitas obras da mais alta importância, algumas visíveis e outras invisíveis. Entre as visíveis, podemos indicar a construção da avenida Samuel Martins, marginal do córrego da Colônia,a Antonio Segre, a Ferroviários, a continuação das obras de despoluição da bacia do … Leia mais